Confira algumas dicas para melhorar a sua pontuação de crédito e se tornar um bom pagador aos olhos dos bancos, instituições financeiras e conhecidos.

Sabe aquele amigo que tem fama de “caloteiro”, para quem ninguém mais empresta dinheiro ou vende nada por falta de confiança? Todo mundo tem ou conhece alguém com um amigo desses!

Na outra ponta, há aquela pessoa, com uma organização financeira invejável, que tem a fama de bom pagador e que todos imaginam que, por consequência, tem crédito pré-aprovado na praça.

O que para a maioria das pessoas divide o mundo das finanças é a forma como elas lidam com a sua vida financeira e, é claro, com o pagamento das suas dívidasBom pagador ou mau pagador são conceitos muito relativos que dependem de fatores que vão além da adimplência.

Parece lógico que o que separa os dois tipos de pagador citados acima é a forma como eles lidam com as suas dívidas. Assim sendo, a “fama” dos mesmos será o fator decisivo para pessoas, instituições financeiras ou bancos emprestarem ou venderem algo pra eles.

No entanto, esse não é um fator decisivo para determinar o score de uma pessoa. O score é uma ferramenta desenvolvida e utilizada por bancos e financeiras a fim de avaliar o “perfil de pagador” de cada indivíduo. É claro que manter suas contas em dia é um fator positivo, mas não se engane, não é isso o que determina se você vai ou não conseguir a aprovação de uma linha de crédito.

score é uma pontuação de crédito que vai de 0 a 1000 e nela são avaliados se a pessoa apresenta um risco de inadimplência pequeno, médio ou alto. Ter uma vida financeira saudável, reservar percentagens do seu dinheiro por áreas e manter sempre reservas são fatores que também influenciam positivamente o seu score. 

Como aumentar o meu score e evitar sufocos

Primeiro, tenha em mente que melhorar a sua pontuação independe de terceiros. Isto está diretamente ligado à maneira como você lida com o seu dinheiro, por isso, listamos seis atitudes que podem melhorar o score e ajudar você a evitar sufocos na hora de solicitar a aprovação de uma linha de crédito ou empréstimo em caráter de urgência.

  1. Se estiver negativado, procure negociar suas dívidas e limpar seu nome (isso deve ser uma prioridade);
  2. Comprar itens mais caros à vista não é uma opção viável no momento? Se a única saída for o cartão de crédito, se planeje com antecedência e calcule quanto o pagamento da dívida comprometerá a sua renda. Caso ela comprometa mais que 10% da sua renda mensal, não compre. Se comprometer menos de 10%, opte por comprar em menos parcelas para minimizar as taxas de juros.

  3. Você está contando com um dinheiro extra que não é uma renda fixa para pagar a conta de algo que você pretende comprar? Então, não compre.

  4. “Não comprar” não necessariamente quer dizer que você tenha que abrir mão das coisas que deseja, dos seus sonhos ou planos, mas sim que você deve planejar a sua vida financeira para comprar o item à vista;

  5. Mantenha seus dados cadastrais atualizados no site do Serasa (explicaremos melhor no próximo item);

  6. Faça o seu cadastro no Cadastro Positivo do Serasa. É online e totalmente gratuito no próprio site do Serasa Consumidor. Esse é um meio de transparência que o ajudará a ser visto pelos “donos do crédito” de forma mais positiva.

Como atualizar meu score Serasa

Acesse o site do Serasa, onde você encontrará o passo a passo que deve seguir para atualizar os seus dados cadastrais e financeiros e, assim, atualizar a sua pontuação no score.

É importante lembrar, no entanto, que o seu score não aumentará de um dia para o outro, mas sim com a análise do seu comportamento de compra nos últimos 12 meses, então, mantenha-se na linha e você conseguirá atingir uma boa pontuação de crédito. Isso facilita o pedido de empréstimo, por exemplo e na nossa plataforma você pode ver mais como o score funciona na prática.

Este artigo foi útil para você?

Esperamos que esse artigo tenha sido útil e esclarecedor para você! Fique de olho no blog da Mutual para mais assuntos como estes.

E se você ficou com alguma dúvida, pode deixar um comentário no FacebookInstagram e Linkedin!

Posted by Leonardo Rebitte

Leonardo Rebitte é graduado pela FGV em Administração com qualificação profissional em Recursos Humanos pela mesma Instituição, membro do CRA-RJ (Conselho Regional de Administração do Rio de Janeiro) com 20 anos de experiência em Tecnologia, Seguros, Cobrança e Serviços Financeiros, implementando tecnologias, processos e gerenciando projetos para: Citibank, American Express, Volkswagen, Embratel, Portugal Telecom…

Em 2016 fundou a http://mutual.club, a primeira plataforma a permitir o empréstimo entre pessoas através de Instituição Financeira. Recebeu vários prêmios e participações: Bradesco – InovaBRA, Santander Fintech Venture Days e Ciab Fintech Day 2016 and 2017 pela Febraban.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *