Desde que começamos a promover uma revolução financeira no Brasil, já realizamos mais de 5 mil empréstimos que movimentaram R$ 8 milhões. Agora, temos uma nova modalidade de investimento que vai mudar a forma como você aplica os seus recursos: já é possível emprestar dinheiro para mais de uma pessoa de cada vez.

A ideia é que você consiga diversificar a sua carteira o máximo possível, obtendo o retorno esperado e diminuindo o risco de inadimplência. Sabe aquele ditado que diz que você não deve colocar todos os ovos na mesma cesta? É exatamente isso o que sugerimos! Você pode, por exemplo, investir em até 20 pessoas de uma única vez.

Como funciona o processo de cotas?

Nessa nova modalidade, o investidor compra uma pequena cota em cada pessoa interessada em adquirir um empréstimo. A partir daí, quem concede empréstimo vai receber as parcelas no prazo negociado e de acordo com os juros selecionados para aquela operação. Quem está pedindo empréstimo e não conseguir investidores em até três dias, terá que recomeçar todo o processo do zero.

O que muda com essa novidade?

Por conta dessa nova possibilidade de investimento, nós ajustamos os termos de uso e você pode encontrá-los aqui e aqui.

Outras mudanças

Você já sabe que nós ficamos responsáveis por toda a cobrança para o investidor, desde a amigável até a judicial. E, a partir de agora, ele não participará da renegociação das dívidas: vamos trabalhar para manter o máximo retorno possível para quem empresta dinheiro e ajudar quem pega empréstimo a honrar suas parcelas.

É bom lembrar que é expressamente proibido que quem está investindo dinheiro faça uma cobrança direta a quem está pegando o empréstimo. Quem não cumprir essa determinação, pode até ser desligado da nossa plataforma.

E ainda tem mais: nós vamos cuidar de todo o processo judicial que envolver questões relacionadas aos empréstimos divididos por cotas, incluindo os custos iniciais, com advogados e todo o processo de cobrança.

Nosso Propósito

Essa mudança tem tudo a ver com o nosso objetivo dentro de cenário financeiro do país, de mostrar que existe uma forma correta e justa de precificar os juros, sem cobrar taxas absurdas. Ao mesmo tempo, temos a preocupação de entregar um retorno justo e que compense o esforço dos investidores, em comparação com os riscos do investimento.

Hoje também ás 17:00 horas, eu vou fazer uma live em nosso instagram explicando tudo o que envolve essa mudança. Hoje 21/08 ás 17:00 no Instagram da @Mutual.Club

<

Este artigo foi útil para você?

Esperamos que esse artigo tenha sido útil e esclarecedor para você!

Entendeu como foi a mudança no nosso app? Fique de olho no blog da Mutual para mais assuntos como estes.

E se você ficou com alguma dúvida, pode deixar um comentário no FacebookInstagram e Linkedin!

Posted by Phelipe Fernandes

Consultor de investimentos da Mutual.

Com mais de 10 anos de experiência na área comercial, passando por diversos setores e seguimentos. Vendedor, Representante comercial, Gerente de Vendas, Pós Venda, Atendimento ao Cliente, Gestão de Contas, Consultor de Investimentos.

Pitch de vendas apurado, bom gestor de carteira e acompanhamento de metas.

2 Comments

  1. Quando a Mutual passará a reter o IR na fonte (como já fazem outras plataformas semelhantes), facilitando mais a vida do investidor?

    Responder

    1. Oi Anderson, em breve vamos ter esse serviço no aplicativo. 😉

      Responder

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *