Conheça algumas práticas que vão deixar sua carteira de investimentos mais protegida e ampliar as chances de rentabilidade em longo prazo

Quem investe sabe que correr riscos faz parte quando se busca oportunidades mais lucrativas e com rendimentos acima do mercado. Só que há estratégias que ajudam a mitigar as perdas, reduzindo a volatilidade do investimento e dando mais previsibilidade de retorno financeiro.

Algumas dessas práticas envolvem a diversificação das aplicações financeiras e o reinvestimento automático. Costumamos destacar essas duas estratégias como uma forma de impulsionar os seus ganhos e recuperar possíveis perdas geradas pela inadimplência um risco bastante comum no investimento em crédito.

Sua carteira de investimentos protegida e com mais opções de rentabilidade

Se você já investe ou está começando no mercado financeiro, já deve ter ouvido falar bastante sobre a importância de diversificar os investimentos. Na nossa plataforma, por exemplo, essa variação na alocação das aplicações financeiras é feita de acordo com o perfil do investidor, considerando tanto cotas menos arriscadas como as de maior risco.

Uma maneira eficaz e inteligente de diversificação é o investimento automático. Com os reinvestimentos rodando de forma constante no aplicativo, é possível proteger o capital inicial aplicado a partir do fator juros sobre juros e elevar o montante transacionado — há casos em que investidores que mantêm as aplicações ativas desde o início das operações têm uma transação 250% superior ao valor aportado.

Dependendo do período do investimento, essa prática pode ajudar ainda na recuperação de algumas perdas acarretadas pela inadimplência, uma vez que, ao reinvestir, o valor transacionado nas operações de crédito será muito superior ao aporte principal.

A dica é: deixe o investimento automático ligado e procure reinvestir todos os valores recebidos. Essa é uma forma de manter a diversificação da carteira de acordo com os seus objetivos de investimento e assim proteger as suas aplicações, impulsionando os ganhos e mitigando perdas.

Ações de cobrança no caso de inadimplência

Ao começar a investir em crédito é preciso ter em mente que essa modalidade se enquadra em um investimento de risco. E, sabendo que pode haver atrasos nos pagamentos das parcelas do empréstimo, é interessante também pensar na gestão da carteira de investimento em longo prazo. 

Nosso processo de cobrança realiza diversas tentativas de negociação amigáveis, que se iniciam antes do pagamento das parcelas e permanecem nos momentos em que o tomador do empréstimo deixa de pagar as prestações em dia. E não é incomum o investidor obter rentabilidade positiva após o período efetivo do crédito, após ocorrer a quitação de dívidas por meio das ações de recuperação e renegociações.

Mantendo uma carteira bem diversificada e saudável é mais fácil evitar que a sua rentabilidade seja afetada. Conte com a gente para cuidar melhor do seu patrimônio!

 

Este artigo foi útil para você?

Esperamos que esse artigo tenha sido útil e esclarecedor para você! Fique de olho no blog da Mutual para mais assuntos como este.

E se você ficou com alguma dúvida, pode deixar um comentário no FacebookInstagram e Linkedin!

Posted by Milena Almeida

Analista de Marketing na Mutual. Formada em Jornalismo, com especialização em gestão de projetos para mídias digitais e interativas, possui experiência no planejamento, execução e gestão de estratégias de Comunicação Integrada e Marketing Digital.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *