Manter uma carteira saudável envolve fatores que vão desde o planejamento das suas aplicações financeiras até a gestão do investimento em longo prazo. Entenda!

É comum recebermos mensagens dos investidores pedindo orientações sobre como manter a carteira de investimentos saudável. Durante as conversas, percebemos um mindset que foca no andamento dos empréstimos individualmente, desconsiderando a situação da carteira como um todo.

Quem faz esse tipo de aplicação sabe que se trata de um investimento de risco, principalmente em um cenário econômico que tem deixado muitos brasileiros com dificuldade de honrar seus compromissos financeiros. Apesar disso, é possível investir com mais segurança e obter rendimentos acima do mercado.

Sabendo que sim, haverá atrasos nos pagamentos das parcelas do empréstimo, a pergunta que o investidor deve fazer ao analisar os rendimentos é: como está a saúde da minha carteira de investimentos? E um planejamento bem feito nesse quesito considera que inadimplências acontecem, mas sem afetar a rentabilidade.

O que é uma carteira de investimentos ideal?

Nas nossas consultorias, costumamos ressaltar três aspectos fundamentais que devem ser preservados para aumentar a previsibilidade dos investimentos e ampliar as possibilidades de rendimento ao fazer empréstimo para pessoas ou investir em crédito PJ.

1. Diversificação da carteira

Você que é investidor sabe a importância de variar suas aplicações financeiras como uma estratégia para proteger seu patrimônio. Na plataforma da Mutual, essa diversificação é feita conforme o perfil do investidor, buscando variar as alocações tanto em cotas menos arriscadas como nas de maior risco.

Pelo exemplo abaixo, você tem algumas formas de diversificação baseadas em 100 cotas de empréstimo:

Ativando o investimento automático, os aportes são feitos de acordo com o seu perfil, buscando a melhor rentabilidade. Assim, diversificamos mais a sua carteira, de forma inteligente além de seu investimento ser preservado, pois mesmo que a aplicação não acompanhe os índices de rentabilidade, as perdas são mitigadas.

No aplicativo, sugerimos como aporte inicial R$ 5.000, pois entendemos que a diversificação permite obter cotas suficientes para sair do índice de amostragem, que estatisticamente seria de 36 cotas de empréstimo. Assim, é reduzida a volatilidade do investimento e há um rendimento financeiro mais previsível, acompanhando de perto nosso benchmark de retorno e inadimplência.

DICA EXTRA DO CONSULTOR: mantenha o recurso de investimento automático ligado na nossa plataforma de crédito, pois ele fará o trabalho da diversificação para você, observando a saúde da sua carteira e o retorno contratado.

2 – Mentalidade de longo prazo

Primeiro é preciso saber: o que é longo prazo para você? O perfil de investimento dentro do nosso aplicativo está mais aderente a investidores que observam sua rentabilidade em prazos maiores, e isso tem algumas razões:

  • O investimento em crédito da Mutual funciona como um título com cupom, isto é, o investidor recebe pagamentos mensais de acordo com as datas de vencimento do empréstimo. A liquidez se dá ao longo do tempo, quando você recebe parte do aporte principal e dos juros;
  • O pagamento das parcelas de crédito tem um prazo médio de 12 a 18 meses, o que significa que seu investimento estará na plataforma por pelo menos um ano e meio. Mas, pode ser ainda que ocorram renegociações de até 36x ou que o tomador do empréstimo antecipe o contrato;
  • A ideia de longo prazo também pode depender do tempo que se levará para pagar o empréstimo. Por isso, não é incomum o investidor obter rentabilidade positiva após o período efetivo do crédito, o que se dá com a quitação de dívidas por meio das ações de cobrança e renegociações.

Ou seja, dificilmente a rentabilidade é observada logo nos primeiros meses de investimento. Há um tempo de maturação de todas as cotas investidas que pode influenciar a previsibilidade do rendimento

DICA EXTRA DO CONSULTOR: faça um planejamento mínimo de dois anos de investimentos e aguarde receber o total dos empréstimos após esse período. O mais seguro é contar com um espaço de três anos e meio para ter liquidez, considerando o tempo mínimo viável.

3 – Reinvestimento

Quem não gosta de receber juros compostos? Esse fator é fundamental para proteger sua carteira e seu aporte principal dentro da plataforma de crédito.

Com os investimentos e reinvestimentos rodando de forma automática por um longo período no aplicativo, o investidor adiciona ao aporte principal os juros recebidos das primeiras cotas investidas. Esse movimento eleva o montante transacionado e o fator juros sobre juros ajuda a proteger o capital inicial aplicado.

Dependendo do período do investimento, essa prática pode ajudar na recuperação de algumas perdas acarretadas pela inadimplência, uma vez que com os reinvestimentos o valor transacionado nas operações de crédito será muito superior ao aporte principal feito na plataforma.

Há casos em que investidores que mantêm as aplicações ativas desde o início das operações têm um montante transacionado na plataforma 250% superior ao valor aportado, sendo que o montante ativo é de aproximadamente 200%. Ou seja, há uma possibilidade de rendimento em juros de 100% no período do empréstimo.

É claro que desse volume será descontado o valor de inadimplência e a volatilidade normal do tipo de investimento, mas não deixa de ser uma forma  para o investidor proteger sua carteira e ter uma boa margem de juros para obter rentabilidade até o final dos períodos do pagamento.

DICA EXTRA DO CONSULTOR: procure reinvestir todos os valores recebidos, lembrando que, dessa forma, estará aplicando também os juros recebidos. Essa é uma ótima maneira de proteger a carteira, que permite impulsionar os seus ganhos e mitigar as perdas.

Como manter uma carteira de investimentos saudável

No nosso aplicativo você consegue acompanhar a saúde da carteira e receber recomendações para os seus investimentos. Esse índice é medido conforme o seu perfil de investidor, balanceado com os juros contratados e dados de inadimplência. 

Ter uma carteira equilibrada demonstra que sua diversificação está sendo bem feita e você terá mais possibilidades de rendimento em longo prazo. E nosso sistema de investimento automático acompanha esse monitoramento, buscando a melhor diversificação possível com o máximo retorno contratado.

Aproveite para acessar o aplicativo agora e verificar como anda a saúde da sua carteira de investimentos.

Precisando de ajuda, é só nos chamar!

Este artigo foi útil para você?

Esperamos que esse artigo tenha sido útil e esclarecedor para você! Fique de olho no blog da Mutual para mais assuntos como este.

E se você ficou com alguma dúvida, pode deixar um comentário no FacebookInstagram e Linkedin!

Posted by Milena Almeida

Analista de Marketing na Mutual. Formada em Jornalismo, com especialização em gestão de projetos para mídias digitais e interativas, possui experiência no planejamento, execução e gestão de estratégias de Comunicação Integrada e Marketing Digital.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *