O que você pode fazer para criar uma presença digital para sua empresa e vender seus produtos e serviços na internet

No último ano, cerca de 60% das pessoas passaram a ficar mais tempo online. Esse índice, levantado por algumas pesquisas sobre o uso da internet no Brasil, se deve, principalmente, pelo cenário de pandemia que se estabeleceu no início de 2020, mudando bastante os hábitos de interação social.

E com essa migração digital não teve jeito: muitas empresas tiveram que montar seus negócios online. Para se ter uma ideia, as vendas na internet tiveram um crescimento de cerca de 74% em 2020, de acordo com o índice MCC-ENET.

Ou seja, pensando pelo lado da oportunidade, o que se tornou uma necessidade para manter empresas de pé também oferece benefícios que permitem escalar ainda mais a operação e atender muito mais pessoas. Por exemplo:

  • Posicionar seu negócio na internet reduz os custos de manutenção do empreendimento, uma vez que a estrutura física é enxugada;
  • Aumenta a possibilidade de chegar ao público-alvo de forma mais rápida, assertiva e acessível;
  • Permite uma gestão mais ágil e objetiva dos resultados, com mais facilidade de acompanhamento de métricas de campanhas e vendas online;
  • Há um ganho de escalabilidade e maior chance de crescimento, uma vez que a internet aumenta a exposição e alcance da marca, além de fortalecer o engajamento.

Sem contar que se fazer presente onde as pessoas estão no momento em que mais precisam é algo que gera valor para qualquer empresa.

O que fazer para montar seu negócio online

Fazer essa transição não é tão difícil quanto pode parecer, mas exige planejamento. E existem algumas ações que são básicas para quem deseja passar a oferecer produtos e serviços de forma digital. São elas:

  1. Revisar a oferta de produtos e serviços: antes de tudo, é importante verificar quais itens do seu portfólio podem ser disponibilizados de forma digital ou para serem vendidos online. Essa análise ajuda a identificar se tem alguma oferta que precisa ser remodelada para atender ao novo modelo de negócio.
  2. Verificar qual a melhor forma de disponibilizar sua oferta online: dependendo da natureza do seu negócio, você terá que escolher alguns formatos e plataformas específicas para colocar os seus serviços e produtos no ar. Alguns exemplos são:
  • Para venda de produtos online, você tanto pode criar uma loja virtual própria, como pode aproveitar marketplaces já consolidados, como a Amazon ou Mercado Livre, que oferecem uma estrutura pronta para tal;
  • Se o seu segmento for de venda de alimentos ou bebidas, por exemplo, há os aplicativos de delivery para te ajudar – que, a propósito, apresentaram um crescimento expressivo na quarentena;
  • Outra dica também é viabilizar a venda pelas redes sociais, que hoje já possuem esse recurso disponível, ou ainda criar catálogos de produtos para compartilhar em canais como o Whatsapp – um formato que tem sido bastante utilizado pelo varejo;
  • Para a prestação de serviços online, vale pensar como disponibilizá-los de forma digital, o que pode ocorrer por meio de um site para divulgar a oferta, campanhas de e-mail marketing para sensibilizar os clientes e ainda oferecer a possibilidade de chats e vídeo chamadas para atendimento aos clientes.
  1. Criar presença digital: já dizia o ditado “quem não é visto não é lembrado”. E hoje, não estar online de alguma forma é o mesmo que perder vendas. Seja ativo nos canais e redes sociais acessadas pelo seu público e lembre-se de comunicar ao seu cliente onde ele pode te encontrar online. Você pode ainda criar campanhas de anúncios para ampliar o seu alcance e impulsionar a aquisição de novos clientes.
  2. Otimizar seus canais de atendimento: essa ação deve estar no foco de qualquer estratégia, mas é importante que seja fortalecida em um momento de distanciamento social. Oferecer uma boa experiência de atendimento online é uma forma de garantir mais vendas e, para isso, vale colocar todas as ferramentas de comunicação à disposição do público. E a mesma regra acima deve ser aplicada aqui: identifique o canal que é mais fácil para o seu público se comunicar com você e avise sobre a sua disponibilidade.
  1. Digitalizar as formas de pagamento: com a chegada do Pix, ficou muito mais rápido fazer transações financeiras e essa é uma forma de oferecer uma possibilidade mais prática de pagamento para seus clientes. Além disso, existem também os links de pagamentos online, que são uma alternativa barata para quem deseja receber pagamentos sem precisar das maquininhas. Diversos gateways de pagamento do mercado oferecem essa opção hoje.
  1. Criar novas experiências de entrega: um ponto que pode gerar um diferencial para o seu negócio é pensar em como proporcionar uma experiência de entrega dos seus produtos e serviços que aproxime a empresa do seu cliente. Procure personalizar ao máximo a comunicação e mostrar que o bom relacionamento continua também no ambiente digital.

Cada vez mais as pessoas buscam marcas que estejam preparadas para atendê-las. Assim, criar uma presença online é uma forma bastante eficaz de ampliar as vendas e abrir novas frentes de negócio. 

Por isso, é importante preparar o seu negócio para estar disponível quando o cliente mais precisa. E contar com crédito PJ nesse momento pode ser uma boa maneira de fazer essa virada de chave – dos pedidos de empréstimo que temos ativos hoje na nossa plataforma, por exemplo, mais de 30% são para expandir o negócio.

Se quiser bater um papo sobre os planos para ampliar a atuação da sua empresa no meio digital, nós podemos te ajudar. É só entrar em contato, clicando no botão abaixo:

Este artigo foi útil para você?

Esperamos que esse artigo tenha sido útil e esclarecedor para você! Fique de olho no blog da Mutual para mais assuntos como este.

E se você ficou com alguma dúvida, pode deixar um comentário no FacebookInstagram e Linkedin!

Posted by Milena Almeida

Analista de Marketing na Mutual. Formada em Jornalismo, com especialização em gestão de projetos para mídias digitais e interativas, possui experiência no planejamento, execução e gestão de estratégias de Comunicação Integrada e Marketing Digital.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *