Como controlar melhor as finanças para se manter no azul e ganhar tração de negócio

Quem tem o próprio negócio sabe que se organizar financeiramente é indispensável para fazer uma melhor gestão dos recursos. Além do mais, com educação financeira é possível investir constantemente no crescimento da empresa e, assim, potencializar os resultados.

Nesse sentido, existem várias práticas que podem ser adotadas para se ter maior domínio das finanças da empresa e tomar decisões melhores para manter o negócio financeiramente saudável e sustentável em longo prazo. Fique de olho em algumas dicas:

Tenha um planejamento financeiro: saber o cenário atual da empresa e para onde se deseja ir passa por avaliar a estrutura financeira necessária para acompanhar o seu crescimento. Por meio do planejamento, é possível acompanhar e projetar melhor o orçamento da empresa, controlando as receitas e despesas e definindo de forma mais assertiva o quanto se pretende (e pode) gastar, investir, faturar e lucrar com a operação.

Organize o fluxo de caixa: entender o momento atual do seu negócio e tentar prever, minimamente, as receitas e as despesas é uma prioridade. A projeção do seu fluxo de caixa deve ser realista, com todos os valores discriminados. Isso te dará uma visão mais clara do momento atual do seu negócio e da verba que você tem disponível para manter as atividades, cuidar das contas e pagar dívidas.

Acompanhe o seu mercado: fazer uma análise constante dos resultados do seu segmento de negócio é uma forma de avaliar as necessidades e possibilidades financeiras da sua empresa. Assim, você consegue estabelecer melhor um panorama de custos e investimentos necessários para manter o seu negócio em funcionamento e com saldo positivo.

Não misture as finanças da empresa com suas finanças pessoais: parece um pouco óbvio, mas esse é um ponto que impacta negativamente o orçamento de muitos negócios. Por mais prático que pareça fazer alguns pagamentos ou ter recebimentos sem se importar se o recurso vem da conta pessoal ou da empresa, misturar as duas vidas financeiras acaba tirando a real dimensão da situação financeira da sua empresa e gerando uma falta de controle em relação à verdadeira fonte de receitas e despesas.

Inovar é preciso: não importa qual o tamanho do seu empreendimento, se reinventar precisa ser uma meta constante para oferecer soluções que gerem valor. Ou seja, é preciso ser capaz de criar uma nova maneira de lidar com  as mudanças e oferecer uma solução rápida que atenda às necessidades dos clientes. Por exemplo, um serviço que era físico pode se tornar digital, ou ser adaptado para uma nova demanda e novos canais de comunicação para o seu negócio podem ser utilizados.

Quando o empréstimo para empresas pode ser um aliado

Pode ser que em determinado momento você precise de um financiamento para investir no crescimento da sua empresa ou colocar as finanças nos trilhos. Antes de pedir o empréstimo, crie um plano de pagamento da dívida, tendo claro o valor do financiamento, a finalidade do recurso e o prazo possível para quitá-la de acordo.

E, para isso, você pode contar com a gente! Confira nossa linha de crédito exclusiva para pessoa jurídica, com taxas atrativas, agilidade e processo 100% digital.

 

Este artigo foi útil para você?

Esperamos que esse artigo tenha sido útil e esclarecedor para você! Fique de olho no blog da Mutual para mais assuntos como este.

E se você ficou com alguma dúvida, pode deixar um comentário no FacebookInstagram e Linkedin!

Posted by Milena Almeida

Analista de Marketing na Mutual. Formada em Jornalismo, com especialização em gestão de projetos para mídias digitais e interativas, possui experiência no planejamento, execução e gestão de estratégias de Comunicação Integrada e Marketing Digital.

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *